Barra do Governo Federal

Procurar no portal

95 anos de Agronomia no Ceará

Foto: Escola de Agronomia, no Campus do Pici, completa 95 anos em 2013 (Foto: Jr. Panela)“Um dos grandes desafios da longevidade de uma instituição é manter-se atual através dos tempos. Em se tratando de instituição pública, celebrar 95 anos de existência somente faz sentido se ainda preservar relevância para a sociedade. Mais ainda, se seu locus for uma das regiões menos desenvolvidas do País e sua área de atuação for a educação superior”. A avaliação do diretor do Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal do Ceará, Prof. Luiz Antônio Maciel de Paula, faz referência ao aniversário de 95 anos da Escola de Agronomia, criada em 1918 como instituição de ensino superior particular e transformada, em 1954, em unidade acadêmica da UFC.

Conforme destaca o Prof. Luiz Antônio, “o estudo sobre a produção de alimentos em região semiárida e a disponibilização para o consumo da população são razões precípuas dos cursos de Ciências Agrárias. Porém, isso não basta se a sociedade é extremamente desigual em termos de distribuição de renda e se a grande maioria das pessoas não tem segurança alimentar. Portanto, a atualidade se justifica se o ensino e a pesquisa estiverem sintonizados com o aprimoramento da produção e com a ampliação do acesso à alimentação”.

Atualmente, mais de um milhão de pessoas trabalham no agropecuário no Ceará, com demandas por soluções tecnológicas que permitam sua inclusão social e econômica. Assim, temas relacionados como a produção de frutas, flores, mel de abelha e bioenergia têm sido fortalecidos pela pesquisa científica. É por isso que “no alto de seus 95 anos, a Agronomia se renova ao buscar soluções contemporâneas para problemas históricos que persistem à revelia da vontade dos que atuam nesse campo”, destaca o Prof. Luiz Antônio.

Saiba mais sobre o Centro de Ciências Agrárias da UFC em www.cca.ufc.br

Créditos

© 2017 Secretaria de Tecnologia da Informação/Divisão de Portais Universitários Ir para o topo