Barra do Governo Federal

Procurar no portal

Lançado livro sobre experiência da UFC e do Governo do Estado no enfrentamento ao zika vírus

Imagem: Reitor da UFC, Prof. Henry Campos, enfatizou o sucesso da articulação entre Universidade e poder público para enfrentar o problema (Foto: Viktor Braga/UFC)Foi lançado na noite dessa quarta-feira (7), no Palácio da Abolição, o livro A experiência do Estado do Ceará no enfrentamento à síndrome congênita do zika vírus. A obra é uma iniciativa do programa Mais Infância Ceará, com a Secretaria da Saúde do Estado e o Núcleo de Tratamento e Estimulação Precoce (Nutep) da Universidade Federal do Ceará.

A publicação aborda a implantação, ocorrida nos últimos dois anos, dos núcleos de estimulação precoce (NEPs) em 19 policlínicas do Ceará. Isso proporcionou a descentralização do atendimento das crianças com atraso no desenvolvimento neuropsicomotor, cuja demanda cresceu devido ao aumento dos casos de microcefalia relacionados ao zika vírus, a partir de 2015.

A ação, pioneira no Brasil, é uma parceria do Governo do Estado com o Nutep, núcleo que é referência em tratamento e produção de conhecimentos sobre transtornos do desenvolvimento na infância e foi responsável por capacitar as equipes multiprofissionais para atuar nos NEPs.

Veja outras imagens do lançamento do livro no Flickr da UFC

"Esse livro é o relato de uma história de sucesso da qual o Nutep faz parte e que só foi possível devido à soma de muitas forças", disse o diretor do núcleo, Prof. Lucivan Miranda. Segundo ele, parcerias como essa viabilizam a necessidade contínua de "minorar o sofrimento das pessoas, especialmente as menos favorecidas".

TRABALHO EM REDE – O reitor Henry Campos destacou a "rápida resposta” que a UFC e outras instituições deram, em forma de pesquisas, publicações e ações concretas, à disparada dos casos de microcefalia e outras complicações em decorrência do vírus zika. Além disso, ele enfatizou o sucesso da articulação entre a Universidade e o poder público. “Foi através dessa importante rede que se viabilizou o envolvimento da UFC através do Nutep."

O reitor também reconheceu o "grande trabalho do Nutep" ao longo de três décadas de atuação e garantiu que o núcleo "executou uma das mais nobres missões da UFC: envolver-se com a comunidade".

Imagem:   A obra é uma iniciativa do programa Mais Infância Ceará, com a Secretaria da Saúde do Estado e o Núcleo de Tratamento e Estimulação Precoce (Nutep) da Universidade Federal do Ceará (Foto: Viktor Braga/UFC)A primeira-dama do Estado e idealizadora do programa Mais Infância Ceará, Onélia Leite, agradeceu o apoio da UFC e dos demais envolvidos, e disse que o livro com o relato da exitosa experiência "vai ficar para a história do Ceará".

A ideia de criar os NEPs em várias áreas do Estado surgiu após uma visita de Onélia ao Nutep, que conheceu o trabalho ali desenvolvido e passou a articular uma forma de reduzir a espera de muitas famílias do interior do Estado que aguardavam tratamento e tinham dificuldade para se deslocar até a Fortaleza.

A vice-governadora Izolda Cela avaliou que um dos pontos em comum nas iniciativas de sucesso em políticas públicas é o trabalho articulado em rede, como o que ocorreu no tratamento dos casos de microcefalia no Estado. Na mesma direção, o secretário da Saúde, Henrique Javi, salientou que essa experiência carrega "a marca da intersetorialidade" e que a parceria pode servir de modelo para uma série de políticas públicas em diversas áreas, para "pôr em prática aquilo que é pesquisado na Universidade".

SOBRE OS NEPs – Atualmente, os núcleos de estimulação precoce atendem 713 crianças, das quais 120 com microcefalia. Equipes multiprofissionais, compostas por fonoaudiólogo, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, psicólogo, assistente social e enfermeiro, foram capacitadas e acompanhadas pelo Nutep para o atendimento das crianças e suas famílias.

LIVRO – O livro lançado tem como organizadores a jornalista Angela Barros Leal, a educadora Selene Silveira, o diretor do Nutep, Lucivan Miranda, e a fonoaudióloga e psicopedagoga Dagmar Soares. A obra deverá ser disponibilizada em breve para download em formato e-book no site do Governo do Estado e distribuída a várias instituições públicas do Ceará.

Também estiveram presentes ao lançamento o vice-reitor da UFC, Custódio Almeida; a pró-reitoria de Extensão, Márcia Machado; o presidente do Instituto da Primeira Infância, Sulivan Mota; a presidente do Nutep, Rita Brasil ‒ que foi homenageada durante o evento ‒; a secretária da Justiça e Cidadania do Estado, Socorro França; o secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Estado, Inácio Arruda; a secretária de Saúde de Fortaleza, Joana Maciel; e o coordenador do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) no Ceará, Rui Aguiar, entre outras autoridades.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional – fone: 85 3366 7331

Créditos

© 2018 Secretaria de Tecnologia da Informação/Divisão de Portais Universitários Ir para o topo