Barra do Governo Federal

Procurar no portal

Biblioteconomia

O que faz

Ao ouvir o nome biblioteconomia, logo vem à mente a imagem de livros em uma biblioteca. A ideia não é falsa, mas representa apenas uma fração do trabalho do profissional da área. A biblioteconomia está ligada à avaliação, classificação, conservação, armazenamento e disseminação da informação, registrada em qualquer suporte, por exemplo, jornais, revistas, CDs, DVDs, filmes, livros, fotos, etc.

O profissional de biblioteconomia tem a responsabilidade de manter o fluxo informacional e de fazer a gestão da informação, tornando-a de fácil acesso ao usuário. Pode trabalhar na organização, catalogação e indexação de documentos em acervos e bibliotecas, na preservação e restauração de obras, na arquitetura da informação em sites, na promoção de projetos de incentivo à leitura, na administração de arquivos, na criação de banco de dados digitais, entre outras atividades.

O que estuda

A formação do estudante de Biblioteconomia envolve assuntos relacionados à Ciência da Informação e às Ciências Humanas, além de noções de Administração, Estatística, Informática e Tecnologias. Nos dois primeiros semestres, o estudante da UFC tem como disciplinas Introdução à Filosofia, à Sociologia e à Biblioteconomia, História do Livro e das Bibliotecas e Teorias da Comunicação. A partir do terceiro semestre, disciplinas mais específicas surgem no currículo, como Administração de Bibliotecas; Catalogação, Organização e Métodos em Bibliotecas; Estudos de Usuários; Formação e Desenvolvimento de Coleções; e Planejamento Bibliotecário. Por fim, há o Estágio Supervisionado e as disciplinas relacionadas à monografia.

Fora das salas de aula, ainda há os projetos desenvolvidos por professores e alunos do curso, como aqueles de incentivo à leitura, de contação de histórias, de manutenção de bibliotecas comunitárias, entre outros.

Área de atuação/Mercado de trabalho

O bibliotecário pode atuar onde forem necessárias a organização e a mediação da informação. As bibliotecas representam um dos principais locais de trabalho, podendo ser públicas ou privadas, comunitárias, escolares, universitárias etc. Mas o graduado pode trabalhar também em livrarias, centros de documentação, arquivos, museus, centros culturais e de memória, hemerotecas, editoras, empresas de comunicação (nos acervos de jornais, revistas, emissoras de rádio e televisão), gráficas, provedores de Internet, ONGs, clubes e associações, cartórios, fóruns e em sistemas de informação em geral.

Profissionais de Biblioteconomia e Ciência da Informação ainda estão sendo requisitados para a criação de bancos de dados em computadores e no desenvolvimento de portais e sites, nos quais, junto a uma equipe especializada, ajudam a tornar mais fácil o acesso à informação para as pessoas. O setor público é ainda uma boa alternativa para o formado em Biblioteconomia. Também há oportunidades na análise da informação e na prestação de serviços de consultoria. Existe, ainda, a área de pesquisa e docência no ensino superior.

Como é o curso na UFC

Com 50 anos recém-completados em 2014, o curso de Biblioteconomia da UFC foi criado em 17 de fevereiro de 1964 e entrou em funcionamento em 1965. Disponível na modalidade bacharelado, a graduação é vespertino-noturna e tem duração mínima de oito semestres. São ofertadas 70 vagas anuais: 35 para o primeiro semestre e 35 para o segundo.

Mais sobre o curso

Biblioteconomia - Fortaleza

Créditos

© 2017 Secretaria de Tecnologia da Informação/Divisão de Portais Universitários Ir para o topo