Barra do Governo Federal

Procurar no portal

Seis dos 11 cursos da UFC avaliados pelo Enade 2016 obtêm nota máxima

Imagem: Logomarca do Enade (Imagem: Divulgação)A Universidade Federal do Ceará (UFC) tem apresentado melhoria contínua em seus resultados no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade). Dos 11 cursos avaliados no último ciclo do exame, seis alcançaram o conceito máximo (5). Em âmbito nacional, apenas 6% de todos os cursos avaliados pelo Enade obtiveram essa nota.

De acordo com os resultados divulgados nesta sexta-feira (1º) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), os seis bacharelados da UFC que obtiveram conceito 5 no Enade 2016 foram: Educação Física (noturno e diurno), Enfermagem, Farmácia e Odontologia (Sobral), além de Fisioterapia (avaliado pela primeira vez no ano passado). Obtiveram conceito 4 os cursos de Agronomia, Medicina (Fortaleza), Odontologia (Fortaleza) e Zootecnia. Somente o Curso de Medicina (Sobral) pontuou com nota 3.

Leia mais: UFC dobra, em um ano, número de cursos com nota máxima no Guia do estudante

Comparando os três ciclos em que os bacharelados de saúde, agrárias e áreas afins foram avaliados, nota-se uma evolução. Em 2010, dos 10 cursos avaliados, apenas dois obtiveram nota máxima. Em 2013, foram três cursos com esse conceito.

"A UFC recebe mais uma grande notícia. Essa é a demonstração do esforço coletivo e competência  da comunidade universitária (professores, docentes e técnicos)  para tornar a UFC uma referência de qualidade em todos os aspectos da formação dos seus estudantes", avalia o Vice-Reitor, no exercício do reitorado, Prof. Custódio Almeida.

O resultado mais positivo a cada edição do exame – em especial, o alcançado em 2016 (superior em 50% ao de 2013) – reflete a melhoria da aprendizagem nos cursos de graduação da UFC. "O Enade mostra o que o aluno aprendeu. Na prova, ele não avalia a si mesmo, mas a qualidade do curso", explica Socorro Sousa, coordenadora de Planejamento e Avaliação de Programas e Ações Acadêmicas da Pró-Reitoria de Graduação.

Diferentemente de outros indicadores, o Enade não conta com avaliação externa e nem considera outros itens como infraestrutura ou titulação docente. Este conceito inclui apenas a nota bruta da prova e o Indicador da Diferença entre os Desempenhos Observado e Esperado (IDD). O Conceito Preliminar de Curso (CPC), previsto para ser divulgado em novembro, incluirá outros insumos.

IDD – O IDD é o resultado padronizado da diferença da nota esperada do Enade para os alunos concluintes e a nota que os alunos efetivamente tiraram, com variação de 0 (zero) a 5 (cinco). Tem como base a diferença entre a nota do Enem no ingresso e do Enade na conclusão. Ou seja, por meio deste indicador é possível aferir o quanto a universidade agregou na formação do estudante.

No caso da UFC, o IDD varia entre 3 e 4. Com nota 4 figuram os cursos de Odontologia (Sobral) e Educação Física (noturno). Os demais obtiveram nota 3. “Como a UFC adota o Enem como nota de seleção, os alunos já ingressam com esta nota alta. Desse modo a nota da UFC no insumo IDD costumeiramente é subestimada”, observa o Prof. André Jalles, diretor da Divisão de Indicadores de Graduação e Registros Estatísticos da Prograd.

ESFORÇOS – Diversos esforços foram empreendidos pela Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) no sentido de informar e sensibilizar a comunidade acadêmica sobre a importância do Enade. Por meio da Coordenadoria de Planejamento e Avaliação de Programas e Ações Acadêmicas (Copav), foram envolvidos coordenadores de curso e estudantes, tanto ingressantes quanto concluintes, de todas as unidades acadêmicas.

A Copav acompanha todas as etapas do exame, desde o processo instrumental – com os enquadramentos dos cursos e inscrição dos alunos – até o dia da prova. "Todas as nossas ações, como as reuniões que realizamos com os estudantes, buscam o estímulo pelo conhecimento, mostrando que a prova é importante para melhorar a qualidade do curso", conta Socorro Sousa, coordenadora da Copav.

Fonte: Coordenadoria de Planejamento e Avaliação de Programas e Ações Acadêmicas – fone: 85 3366 9020

Créditos

© 2017 Secretaria de Tecnologia da Informação/Divisão de Portais Universitários Ir para o topo