Barra do Governo Federal

Procurar no portal

Festival UFC de Cultura terá programação de shows musicais

Imagem: O grupo Oré Anacã é um dos primeiros a subir no palco na programação de shows noturnos (Foto: Divulgação)

Em sua nona edição, o Festival UFC de Cultura promove, além dos aguardados shows noturnos, programação musical diurna, com a criação de um Espaço Mix entre o ICA e o Centro de Convivência da UFC. No dia 29, a programação terá início às 12h, após a conferência com a Profa Lúcia Santaella (PUC-SP), e será finalizada às 17h45min.

Nos demais dias, começará mais cedo, às 9h, e será encerrada no início da noite, antes da programação do palco principal no anfiteatro do ICA/Pici. O Espaço Mix também abrigará os shows de três das bandas universitárias escolhidas na seletiva prévia ao Festival UFC de Cultura, ocorrida em novembro no Cineteatro São Luiz. Mil Tons e Mais, Colossais e LÉLIS entretêm o público com muita música cearense, metal e reggae de múltiplas influências.

ATRAÇÕES NOTURNAS – Os shows noturnos serão abertos por grupos da própria Universidade. O primeiro deles, no dia 29 de março, é o Oré Anacã, grupo de dança popular da UFC. Os dançarinos apresentam um mix coreográfico dos projetos Parintins em Festa e Entre Penas e Contas, respectivamente dedicados à disputa entre os Bois Garantido e Caprichoso e ao universo das danças de influência negra e indígena. Na quinta-feira (30), a noite será iniciada pelo Coral da UFC, que, acompanhado pela Orquestra Sinfônica da Instituição, apresenta Caminhos do coração, um espetáculo-síntese de seus 58 anos de história.

No dia 31, sexta-feira, a primeira atração é o grupo de música percussiva Acadêmicos da Casa Caiada, representante frequente da UFC na programação oficial do Carnaval de Fortaleza. Eles apresentam o espetáculo Brincante, que resgata a trajetória do maracatu, mesclando-a com nossa formação cultural.

Em seguida, bandas universitárias que tiveram destaque na seletiva de novembro fazem seus shows. Registro Geral VI, Barbearia Noturna e Berg Menezes mostram seu sólido trabalho, concentrado em diferentes vertentes de rock and roll, enquanto DJs da própria comunidade acadêmica animarão os intervalos de troca de palco.

As atrações locais incluem representantes do pop, do rock, da música popular brasileira e do samba, fazendo jus ao compromisso do evento com a diversidade cultural. Na quarta-feira (29), o palco principal do Festival recebe a banda The Dillas, com seu repertório dançante de hits da música pop contemporânea. Com a carismática cantora Di Ferreira como frontgirl, o grupo é formado ainda por Thiago Nunes (vocais), Ricardo Silveira (guitarra), Magno Albuquerque (baixo), Bruno Barros (bateria) e Tiago Boca (teclados), já tendo tocado na FIFA Fan Fest da Copa do Mundo de 2014 e dividido o palco com Elba Ramalho, Titãs, Karol Conká e Ludmila.

Encerra a mesma noite o rock alternativo com background regional do Projeto Rivera. Com Victor Calíope nos vocais, Bruno Santos e Flávio Nascimento nas guitarras e Matheus Brasil na bateria, a banda tem se dedicado intensamente ao trabalho musical autoral, já conta com público fiel em Fortaleza e traz no currículo apresentações em cidades como Recife, Salvador e Natal (onde tocou em 2015 no disputado Festival MADA).

Ex-aluno da UFC e cria do jazz, o cantor Marcus Caffé se apresenta na segunda noite de programação musical, dia 30 de março, quinta-feira. Já tocou no Maloca Dragão, na programação oficial do aniversário de Fortaleza, no Circo Voador (RJ) e chega agora ao Festival UFC de Cultura com o show Release, revisitando seus 30 anos de vivência musical, antigos repertórios, narrativas poéticas, álbuns próprios já lançados e artistas que o inspiraram.

Fechando a quinta-feira (30), a cantora Lorena Nunes promete sacudir o anfiteatro do ICA/Pici, com seu afropop tropical. Revelada pelo coletivo Comparsas da Vivenda, que já tocou na seletiva do Festival, a artista vem se consolidando como um dos nomes mais celebrados da cena musical cearense na atualidade e chegou a emplacar música na abertura das Olimpíadas Rio 2016. Ela apresenta, na noite do dia 30 de março, o show do álbum Ouvi dizer que lá faz sol (2014), com faixas autorais como "Alegria amarela" e "Parangaba-João Pessoa" e clássicos da Tropicália e do samba rock.

Vinda da Bahia, a atração regional é uma das bandas mais premiadas do cenário independente no Brasil. Pela segunda vez em Fortaleza, o grupo Maglore apresenta, na sexta-feira (31), o show do álbum III, considerado um dos melhores de 2015 pela revista Rolling Stone e pelos rankings Billboard, MTV e Scream & Yell. Formada por Teago Oliveira (voz e guitarra), Lucas Oliveira (voz e baixo), Lelo Brandão (teclados, guitarra e voz) e Felipe Dieder (bateria), possui influências que vão de Caetano Veloso ao grupo alternativo norte-americano Wilco. A banda foi indicada aos prêmios Multishow e Música Brasileira, além de ter composto o line-up do Festival Lollapalooza Brasil no ano passado.

A grade de programação completa está disponível nas redes sociais (Facebook e Twitter) e no site do evento.

O Festival UFC de Cultura tem patrocínio da Enel, apoio cultural da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult-CE), organização da Via de Comunicação e Cultura e é uma realização do Centro de Treinamento e Desenvolvimento (Cetrede) e da Universidade Federal do Ceará, por meio de sua Secretaria de Cultura Artística (SecultArte).

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing Institucional – fone: 85 3366 7319 / e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Créditos

© 2017 Secretaria de Tecnologia da Informação/Divisão de Portais Universitários Ir para o topo